segunda-feira, janeiro 29

lost boys


whisky e uma geração se perdendo assim, aos poucos

a verdade é que nem consegui escolher uma música

são os primeiros sinais de cansaço. quase um desperdicio.

ai damos risada e dizemos: nosssa estamos ficando hippies.

e essa maneira de se realcionar com as pessoas, que é qualquer jeito. é também uma maldição:
gostar e gostar... talvez seja o que não consigamos fazer mais.

esse abraçar tudo, que é também abraçar nada(que é igual abraçar-se).

e trabalhamos, e trabalhamos. ... e trabalhamos

onde estamos chegando? tinhamos pressa. depois desistimos de tê-la. ignorando o que vem depois, também. (como naquela lenta chuva de renuncias e tickets de metrô)


assunto 2 (não menos importante, igualmente deprimente)

estava tudo bem. não... não estava. mas a muito que você não aparecia no meu sonho: get out. sai... não quero mais!!! cansei. você e seu vestido e sua garrafa e sua cara lacônica. andando, em silêncio, com a gente entre cenários de papel e lápis faber castel. só some. some.

por favor

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home