terça-feira, agosto 22

Konck down


Caio, Alex e knocked boy - em cheio!

Contagem

outra.

pensou que nem doia mais. no entanto ao saber, sempre com esse sorriso sonso. paw! na boca para cair os dentes e crouch na boca do estômago...um outro e outro passos para trás. os joelhos dobraram, e as mãos baixas esperando encontrar o chão para escorar (que distância é essa?).

fechando os olhos.

umdoistrêsquatrocincoseis....foda foda...de pé, mas não refeito...claro que não..olha como cambaleia no tablado. guiado pelo desequlibrio da pancada. à mercê.

para quem não se importava... acho que não resistirá ao quinto.

que poder é esse que ela tem de arrebentá-lo com uma vírgula?!

( nem vem que o que foi dito, foi dito sempre)

(ele tira na moedinha, e a moedinha tira ele)

tentar não revidar, rope-a-dope...mas acho que as direitas as esquerdas os cruzados e upercuts já nem chegam. ela boa guarda e boa esquiva. ele dando bobeira parado no centro do ring, de guarda baixa e cantando aquelas cantigas.(da próxima vez que entre de trancinhas também assim pelo menos tem alguma gag para se desculpar..TROUXA - com letras coloridas)

não apostar mas nenhum centavo nele. a luta já acabou. ele é bem burro e se levanta esperando o knock out. preciso agora de um copo de vermuth, um charuto e esperar o próximo round (se não decretarem o knock out técnico..salvem a vida desse rapaz).

(ele se recolhe ao seu corner. cara de choro- que cena patética) não vomite, irmão, apenas cuide dos dentes, já é o bastante.

- essa merda...como doeu...(órbitas saltadas).

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home