quarta-feira, março 8

Muito Delicado


Delicada...linda de sorrir

Crime Delicado (BRA-2005)
Dir: Beto Brant

Sinopse
Antonio Martins (Marco Ricca) é um crítico de teatro obcecado por definir as coisas e as pessoas. Isso muda quando ele conhece Inês (Lilian Taublib), que foge ao padrão de beleza que sempre exigiu. Mais: ele descobre que a moça está prestes a perder a perna por causa de uma doença, mas nem isso lhe causa repulsa. Ele está apaixonado e desesperado. Antonio transa com Inês. Mas o que para ele foi um ato de amor, para ela aquilo foi um estupro.
*Fonte e-pipoca*

Vida e a Arte
Definitivamente com Beto Brant é assim: um no cravo outro na ferradura. Depois de um Filme muito bom (O Invasor) um nem tanto. Pelo menos não é uma bomba como Ação entre amigos.
O que me incomoda de sobremaneira é a primeira metade do filme, antes do sexo/estupro. Numa tentativa de aproximar o filme do tetaro e da "vida", Beto relaxa absurdamente nos equadramentos, parece colocar a câmera em qualquer lugar de maneira aleatória e gratuita. E um descuido com o corte que chega a doer. Maltrata o tempo na montagem.

É bem verdade que a segunda metade o filme é bastante bom. Torna-se delicado. Talvez em oposição ao filme duro e desajeitado dos primeiros 45 minutos. Ele quase consegue ser leve ao tratar das máscaras e dos subterfugios que as pessoas usam umas com as outras para se comunicar. No caso a arte e a crítica de arte como um castelo ou uma roupa que se veste para poder se realcionar.

A última cena é um primor. No balaço geral é um bom filme, pena que entra com tanta má intenção.

*Como a Lilian Taublib é linda!!!! Impressionante*

2 Comments:

Anonymous Otávio said...

Contrário a você, prefiro "Crime Delicado" a "O Invasor". E prefiro muuuuuuito.

Abraço.

quinta-feira, março 09, 2006 1:46:00 AM  
Anonymous Otavio said...

Mas, realmente, a fotografia é um pouco estranha na primeira metade do filme.

quinta-feira, março 09, 2006 1:47:00 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home