segunda-feira, dezembro 11

estranho pressentimento


nem era essa...eram BEM mais bonita

a vida que escolhi

tem destas coisas. praia, sol mato, borrachudo.

e ajuda a pensar nos sacrilégios cometidos, nos sons que vazam. atravessam paredes. e no tempo de escutar e entender. sempre atrasado, sempre atrasado... sempre.

mas a vista de ilhabela é linda. do topo e para o mar. e as bicilcletas descendo e aquela sensação de reporter de caorridas de carro nos anos 60.

e agora dores. ééé....chegou.

contiuo não rasgando. e com preguiç.a e com uma coisa assim, estranha na cabeça. no peito (fora a dor)...

tio Edgar está com câncer de pulmão....que merda!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home